Quilombos de Pombal, Porto Leocardio, São Félix e Nova Esperança: análise dos fatores relacionados ao deslocamento e assentamento de suas populações entre os Séculos XIX e XX

Resumo: Este projeto parte da necessidade de promover uma revisão de alguns aspectos históricos e culturais discutidos pela historiografia contemporânea, relacionados à formação de comunidades quilombolas em Goiás.  Durante pesquisas realizadas para reconhecimento, das comunidades quilombolas de Pombal, Porto Leorcardio, São Félix e Nova Esperança, por meio da elaboração de Relatórios Técnicos de Identificação e Delimitação - RTID, surgiram possibilidades de análise acerca dos processos de formação de comunidades quilombolas em Goiás, que em grande medida, diferem daquelas explicações comumente aceitas em relação aos fatores que levaram à formação de comunidades quilombolas em Goiás e no Brasil. Como é o caso das explicações relacionadas á fuga como um dos aspectos fundamentais para sua formação. Vale ressaltar que estas possibilidades limitam-se ao que foi observado nas pesquisas relacionadas às comunidades quilombolas acima citadas e a um período histórico determinado, segunda metade do século XIX e primeira metade do século XX.

Coordenador: Prof. Dr. Elias Nazareno.