Fluxos Diaspóricos em Espaços Nacionais e Transnacionais: as rotas da encantaria brasileira

Resumo: A presente proposta de pesquisa tem como escopo estudar os fluxos diaspóricos em espaços transnacionais com ênfase para as rotas da Encantaria brasileira. O fluxo migratório provindo pelas diferentes diásporas (afro-atlântico e amazônica) promoveu a intensificação do contato entre povos, europeus, ameríndios e africanos, e a respectiva hibridação cultural provinda da multidimensionalidade de suas relações em meio aos projetos de modernização e ocidentalização do território brasileiro. Considerando as leituras Pós-Estruturalistas, Pós-Coloniais e os Estudos Culturais, o campo teórico centra-se em uma perspectiva interdisciplinar que abarca a intersecção de saberes entre História, Antropologia, Etnografia, Etnobotânica, Sociologia e Filosofia. A partir dessa abordagem interdisciplinar faz-se possível pensar num melhor reconhecimento do território e de territorialidades, manifestações e espacialidades simbólico-identitárias concebidas nas e pelas culturas híbridas de matriz afro-ameriíndia nos diversos processos de territorialização que marcam a historia do Brasil.

Coordenador: Prof. Dr. Leandro Mendes Rocha.