Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
topo do site
Youtubeplay db0358e6953f0d0ec2cd240bca6403729d73b33e9afefb17dfb2ce9b7646370a

Livros - Luciane Munhoz de Omena

 

Livros - Luciane Munhoz de Omena

  voltar

 

LITERATURA, PODER E IMAGINÁRIOS SOCIAIS NO MEDITERRÂNEO ANTIGO
Luciane Munhoz de Omena, Ana Teresa Marques Gonçalves. Ano: 2010. ISBN: 978-85-7103-669

“Este livro é resultado da crescente relevância dos estudos sobre o mediterrâneo antigo, no Brasil, como parte de um processo desenvolvido por instituições públicas de pesquisa (USP, UNICAMP, UNESP, EFRJ, UFES, UFOP, UFMG, UFG, entre outras) que vem se consolidando em laboratórios como o Leir ( Laboratório de Estudos sobre o Império Romano/ USP) ou o CPA ( Centro de Estudos e Documentação do Pensamento Antigo/ UNICAMP), os quais se preocupam com produções atuais, sem subterfugir aos modelos das grandes narrativas, para buscar as heterogeneidades sócioculturais e o caráter conflituoso das sociedades do passado.”

 

PEQUENOS PODERES NA ROMA IMPERIAL: Os setores subalternos na ótica de Sêneca
Luciane Munhoz de Omena. Ano: 2009. ISBN: 978-85-88909-81-6

Este livro é fruto de uma minuciosa pesquisa a respeito dos setores subalternos em Roma, a partir de uma análise instigante das obras escritas por Sêneca. [...]

A autora demonstra como esses setores subalternos eram atores políticos a serem levados em consideração na constituição do sistema político do Principado. O imperador assumia para eles a função de patrono, distribuindo bens, oferecendo jogos e garantindo a estabilidade necessária para que o Estado se reproduzisse e para que o sentimento de ordem gerasse a tranquilidade fundamental para que a rotina diária lhes garantisse emprego e sustento. [...]

Este livro oferece aos seus leitores uma gama invejável de informações, coletadas de forma reflexiva, que permite uma retomada do debate a cerca de como se estruturou o poder numa sociedade complexa como a romana do Alto Império, em quer todos os setores, subalternos ou não, deveriam estar engajados na formação e expansão da estrutura imperial.


 

 

Listar Todas Voltar